"Elas Transformam" da MRV me provou que a determinação tem o poder de nos guiar para grandes oportunidades, é a força na minha carreira para continuar construindo meus sonhos e, através do meu trabalho, inspirar e incentivar o esporte feminino.
Lorrane Ferreira

Lorrane Ferreira é uma nadadora natural de Belo Horizonte, nascida em 17/03/1993, das categorias 50 e 100 livre, ela hoje é atleta do Clube Pinheiros (SP).

Lorrane Ferreira é graduada em arquitetura pela Universidade Federal de Minas Gerais, mas pensa em trabalhar na área apenas quando se aposentar das piscinas.

No período de isolamento social, Lorrane voltou para a capital mineira para estar perto da família, mantendo a rotina de treinos, mesmo que à distância. Adaptações foram necessárias e ela aproveitou para que a mãe estivesse presente em algumas das suas atividades diárias.

"Foi meio que um choque quando teve de parar tudo, mas entendemos que a saúde vem em primeiro lugar. Fiquei um tempo em isolamento em São Paulo e depois vim para a casa dos meus pais, em Minas Gerais. Tenho recebido instruções do clube Pinheiros, criando uma rotina e me mantendo ativa para os dias passarem mais rápido. Faço yoga e aula de dança online com a minha mãe."

Trajetória Profissional

Com 27 anos, destes 14 dedicados à natação, Lorrane conquistou a medalha de prata nos jogos Pan-Americanos de Lima, no revezamento 4x100 metros livre misto, além do 4º lugar nos 50 metros livre feminino. Ainda tem entre seus títulos o de campeã brasileira do Troféu Brasil 2018 e vice-campeã em 2019 na prova de 50m nado livre.

Lorrane espera pela divulgação da data da seletiva olímpica, torneio que vai definir os representantes do Brasil na Olimpíada.

O retorno para São Paulo está previsto para o final de julho e começo de agosto para, aí sim, matar a saudade das águas.

"Estou ansiosa pela volta. Nunca passei tanto tempo longe das piscinas. O reencontro será inusitado e emocionante. Com toda certeza, não será como antes, pois vamos ter todo um protocolo a ser cumprido para garantir o bem-estar e a saúde de todos, mas não vejo a hora de estar dentro d'água."

Rumo ao ouro olímpico

A uma braçada para conseguir a tão sonhada vaga olímpica, a nadadora mineira Lorrane Ferreira viu seus sonhos serem adiados por causa do COVID-19. Ela precisa disputar ainda a Seletiva Olímpica da natação brasileira para garantir sua vaga no Jogos de Tóquio. A competição marcada para abril deste ano foi adiada para 2021. Mas, em meio a tantas incertezas, por causa da pandemia mundial, a atleta consegue focar em seus treinos.

Segundo ela, o Clube Pinheiros tem orientado seus atletas em relação aos treinos e à alimentação equilibrada, mas sem restrições. Distante das piscinas, a nadadora pratica atividade física com equipamentos emprestados da academia de uma amiga .Além do corpo, a mineira tem cuidado da mente. Com acompanhamento de um psicólogo, ela incrementa sua preparação rumo à Tóquio.

Com o lema “a sua determinação dita seu destino”, a nadadora está muito perto do índice para realizar o sonho de participar das Olimpíadas.

“São anos de trabalho focado neste objetivo, estou muito perto e confiante de conseguir.”